• The Brazilian Critic

“Amor de Mãe” retoma gravações em 10 de agosto, mas só deve voltar à grade em 2021


Em reportagem ao jornal Estado de S. Paulo nesta segunda-feira (20/07), o diretor de Dramaturgia da Globo, Silvio de Abreu, confirmou a retomada das gravações de “Amor de Mãe” para o dia 10 de agosto. A novela, que ocupava o horário das 22h na emissora, teve que ser interrompida por conta da pandemia de COVID-19. Por isso, o canal vem reexibindo uma edição especial de “Fina Estampa”, novela de 2011 escrita por Aguinaldo Silva.


Entretanto, o folhetim de Manuela Dias só deve voltar à grade da emissora em 2021, assim como todas as outras novelas inéditas ou que foram interrompidas. Haverá também uma redução da trama, com apenas 23 capítulos previstos para o término da novela.



Por conta das novas normas adotadas pelo canal para evitar a doença, serão gravados no máximo dois capítulos por dia. Ainda, de acordo com Silvio de Abreu, “Salve-se Quem Puder” vai retornar as gravações após a finalização das filmagens de “Amor de Mãe”. No horário das 19h está sendo reprisada a novela “Totalmente Demais” (2015). A Globo já havia anunciado à equipe de “Nos Tempos do Imperador” que as gravações retornariam de somente para dezembro, de acordo com a jornalista Patrícia Kogut. A novela da faixa das 18h iria estrear no dia 30 de março, mas teve sua estreia adiada também por conta da pandemia. No lugar dela está sendo reexibida “Novo Mundo” (2017).

Com isso, até o final do ano, todas as faixas da emissora serão reprises de sucessos anteriores. Após “Fina Estampa”, já foi confirmada “A Força do Querer” (2017) de Glória Perez. As próximas reexibições dos demais horários ainda não foram definidas. Com relação ao folhetim teenMalhação”, esse ano não haverá mais uma temporada inédita. O lugar está sendo ocupado pela reprise de “Viva A Diferença”, temporada que foi ao ar originalmente em 2017.